11 de maio de 2010

um dia quase perfeito...

ontem tive de ir a Lisboa, mas em vez de poder passear pelo Bairro Alto, Chiado e terminar o dia a beber umas cervejas no Jardim Adamastor com vista para o rio Tejo (como tantas vezes fiz), acabei por ter um dia típicamente stressante na capital...

saída do Porto, meia dúzia de quilómetros percorridos, eis que uma pedra salta de algures e bate no pára-brisas do carro; resultado: rachadela no vidro (o que vale é que desta vez não foi no meu carro). chegado a Lisboa, vindo do Porto, ainda consegui arranjar 20 min para almoço; destino: centro comercial Vasco da Gama, onde centenas de pessoas lutavam por uma mesa onde comer "calmamente" a sua comida rápida. tal como um carneirinho juntei-me ao rebanho e fui pontual na reunião (o mesmo não se pode dizer dos colegas de Lisboa, mas infelizmente é sempre assim), o tipo que faz 300 km de carro chega a horas, quem mora na capital chega escandalosamente tarde! enfim, alfacinhas serão sempre alfacinhas e ainda por cima deviam estar ressacados com a vitória de Jesus e seus discípulos na véspera...

a reunião foi a seca habitual e apenas acabou 2h mais tarde do que o previsto... estava na hora de regressar e fugir dali. nada mais simples! sair do parque das nações, seguir em direcção ao aeroporto, apanhar a 2ª circular, entrar no eixo norte-sul, entrar depois na A8 em direcção a Loures (GPS é coisa de meninos!). fila demorada em ambas as faixas, sol de frente, eu parei, o brasileiro que conduzia a carrinha da transportadora atrás de mim não parou, ou melhor, parou depois de encontrar o pára-choques do meu carro. uma vez mais, resultado: 1h a preencher declaração amigável em plena A8... perfeito para quem queria regressar depressa a casa.

o resto da viagem fez-se, sem nunca conseguir passar dos 120 km/h, com um pescoço dorido e uma pausa para meia-de-leite na estação de serviço da Figueira da Foz. resultado: cheguei finalmente a casa às 00:30! o que me leva a acreditar que ontem tive um dia quase perfeito...

1 comentário:

Paulo Sá disse...

Porra men... que dia.
Espero que já estejas melhor, física e mentalmente :)