3 de outubro de 2011

o eterno caso das segundas-feiras...


é quase tão certo eu postar às segundas-feiras, como ser sempre este o dia da semana em que mais questiono a minha situação actual, sobretudo a profissional. chegado hoje ao trabalho, depois da ausência de sexta-feira (a crise assim me obrigou), levo com o típico comentário/naifada/alfinetada da entidade patronal. mas será que essa mesma entidade não se sabe reinventar de quando em vez? é necessário lançar de imediato o clima de medo e sombra sobre a minha semana de trabalho? é assim que pretende motivar o aqui sujeito a produzir mais?

caramba! a prova de que até vou fazendo as coisas o melhor que sei, foi dada pela colega da recepção mal entrei no armazém: "o teu cliente adjudicou a tua proposta na sexta-feira! está tudo tratado, aguardamos apenas a transferência!". isto sim é motivação! a naifada 30 segundos depois não o é! ora, se o fruto do meu trabalho, culminou em negócio mesmo quando não estava dentro dos domínios da corporação, deveria pelo menos ter tido direito a um "obrigado". mas não! nada me foi dito para além da tal naifada... estou cada vez mais farto desta situação de merda! é o clima de suspeição, é a desconfiança em qualquer palavra por mim proferida, é o olhar para o relógio cada vez que entro ou saio, são os atrasos no pagamento (e a exiguidade dos mesmos), é o esquema do open space em género escolinha da primária,com a professora a controlar tudo e todos! nem sei como consigo vir trabalhar às segundas-feiras...
outra coisa que me irrita solenemente, é a designada "hora de almoço"! eu sou o tipo de gajo, que abdica de grande parte dos seus 90 min de pausa, e almoça em 15 min! almoça, a comidinha que traz no seu tupperware de casa, após devidamente aquecida no micro ondas do armazém; o tipo que almoça de pé na sala do servidor, o mesmo tipo que interrompe o ritmo certo das garfadas se o telefone da empresa tocar nesse suposto período de pausa; mas mesmo assim, continuam a lançar-me piadas e naifadas desnecessárias! o mínimo que posso pedir, é que me desamparem a loja a tempo e horas, para me deliciar com o meu almoço! fico nas horas, quando a entidade patronal continua a pairar à minha volta neste período, pois nem eles dão a fuga, nem o preto almoça... além disso, que eu saiba, ler o jornal ou passar receitas da web não se enquadra no conceito de trabalho que se faz aqui dentro!

posto isto, vou ignorar a ave de rapina que me vigia do topo da sua torre e vou ali almoçar em pé para a sala do servidor!

(... potencialmente com continuação depois de almoço)

a continuação...
já almoçado e sem estar a ser observado pela ave de rapina local. já tomei café, e até já dei uma vista de olhos pelo jornal. novidades? levei uma nega para me acompanharem a um concerto de jazz amanhã na casa da música no porto (o que quer dizer que tenho um convite a mais, alguém interessado?). a cadeira aqui do armazém acabou de entregar a alma ao criador, uma vez que perdeu uma roda (duraste 15 dias debaixo deste corpinho lindo, até fazeres merda!). mais coisas? já vos disse que este fim de semana filmei um jogo de orientação nocturna na mata do buçaco, em modo blairwitch project? e que na manhã seguinte, sábado, desci um troço de 3 km do rio mondego de caiaque, com um fato de surfista e tudo? tudo com uma máquina de filmar à prova de àgua! a minha vida dá voltas fantásticas de facto! e não é tudo! este fim de semana ainda fiz o meu regresso triunfal à praia com duas belas tardes de verão!
e importante não esquecer, próximo fim de semana estarei em lisboa a filmar uma regata no rio tejo, que luxo não acham?

tudo isto prova que de facto as segundas-feiras são para esquecer! além do mais, hoje é uma espécie de quinta-feira, pois amanhã é sexta devido ao feriado de quarta feira!
eh pá, não me chateies muito, porque sinceramente és a última coisa com, a qual quero ocupar o meu intelecto, ok?
destroça mas é o cheque...

1 comentário:

A efervescência da mente disse...

http://missunderstoods.tumblr.com/post/11081388310/your-work-is-going-to-fill-a-large-part-of-your